sexta-feira, 19 de março de 2010

So um abraco...

Acabei esbarrando num video que mostra brevemente a historia da cachorrinha Edie. Ela estava num abrigo de animais abandonados nos EUA. Nesses abrigos eles acabam sacrificando os bichos que nao encontram um lar depois de certo tempo. Era o caso da Edie. Felizmente, 2 dias antes de sacrificarem a cadelinha, surgiu uma camarada que soube da historia dela e se prontificou a adota-la. O video mostra o encontro da cadela com o futuro dono. Ela estava com tanto medo que gritava e chegou ate a defecar no chao. Depois que ele conseguiu puxar a Edie para si e faz os primeiros cafunes, ela finalmente se acalmou e entendeu que ele nao estava la pra machuca-la. A cena realmente eh emocionante. Eu nao consigo ficar imune a essas coisas. Todos os gatos que tive e tenho ate hoje foram pegos na rua e afirmo que sao os melhores bichos do mundo.


Apos ver isso, espero que as pessoas entendam que nao eh preciso gastar rios de dinheiro comprando animais de raca e pedigree. Uma simples ida a um abrigo de animais e uma mente/coracao aberto para adotar um vira-lata pode lhe render um animal eternamente grato e um dono muito mais feliz.

4 comentários:

cy83|250v137, a conselheira cibernética. disse...

me dá licença, peguei seu post.

Fernanda disse...

Fica a vontade. Isso é pra difundir mesmo. Caso queira, o canal no youtube do Eldad Hadas (que ajudou a fazer esse vídeo) é repleto de vídeos de salvamentos. O cara realmente tem jeito com isso.

Aí vai o link: http://www.youtube.com/user/eldad75

maira disse...

são os melhores do mundo. nunca vou esquecer do meu encontro com a minha Flor. Uma cachorra com o coração do tamanho do lamaçal onde foi encontrada. Também da nossa ferret, a Drica. A Drica foi parar lá em casa depois de muitos maus tratos. E a grande maioria desses bichos, com certeza, sentem o carinho quando recebem.
Animais maltratados, precisam além de carinho, de muita paciência e cuidado especial. Temos mais é que ajudar os que ainda não encontraram uma boa família. Evitar os de raça, e nunca nunca comprar bichos em vendas clandestinas (ás vezes de origem selvagem), não ajuda em nada. O certo é denunciar o ponto de venda (ou de maus tratos, pois tb configuram crime ambiental) pelo Disque-Denúncia, é só pesquisar o número do Disque-Denúncia local.

Fernanda disse...

Boa dica, Maira!

Blog Widget by LinkWithin